• Mulheres e religião

    Budismo: o Feminino e o Masculino como inteligências.

    Bruna Crespo nos conta sobre sua vivência no budismo e a participação feminina na religião. Formada em Letras pela UFJF, encontrou o Budismo após terminar a faculdade por conta da meditação. Criada na Igreja Batista, ela deixa a religião dos pais antes de entrar na faculdade, mas diz que até hoje tem muito respeito pela tradição em que foi introduzida na infância. Atualmente participa na produção da Revista Bodisatva, que discute temas relacionados ao budismo.